Museu do Prado

thumb|251px|Entrada do Museu do Prado com a estátua de Velázquez à frente

O Museu do Prado é o mais importante museu de Espanha e um dos mais importantes do Mundo. Apresentando belas e preciosas obras de arte, o museu localiza-se em Madrid e foi mandado construir por Carlos III. As obras de construção prolongaram-se por muitos anos, tendo sido inaugurado somente no reinado de Fernando VII.

História do Museu

Quando o rei Carlos III regressou de Nápoles à sua cidade natal, apercebeu-se de que Madrid não havia melhorado em nada desde que de lá tinha saído: Madrid continuava aquele lugar que, convertido repentinamente em capital por obra e graça de Filipe II, cresceu precipitada e desordenadamente e de um modo pouco consistente.

Decidiu assim encarregar Juan de Villanueva, o arquitecto real, de projectar um edifício destinado às Ciências e que pudesse albergar o Gabinete de História Natural.

Tal foi o culminar da carreira artística de Juan de Villanueva, sendo esta a maior e mais ambiciosa obra do neoclassicismo espanhol.

Com a construção deste edifício, concebido como uma operação urbanística de elevados custos, o rei Carlos III pretendia dotar a capital do seu reino com um espaço urbano e monumental, como os que abundavam nas restantes capitais europeias.

As obras de construção do museu prolongaram-se por muitos anos, ao largo de todo o reinado de Carlos IV. Porém, a chegada dos franceses a Espanha e a Guerra da Independência, interromperam-nas.

Foi então utilizado para fins militares, tendo-se aqui estabelecido um quartel militar. Neste momento começou a deterioração do edifício, que se notava cada vez mais, à medida que os anos avançavam.

Aborrecidos, Fernando VII e a sua esposa, Maria Isabel de Bragança, puseram fim a tal situação, impedindo que o museu chegasse à ruína total e recuperando-o.

Isabel foi a grande impulsionadora deste projecto e é a ela que se deve o êxito final, mesmo que não tenha vivido para saboreá-lo, pois morreu um ano antes da grande inauguração do museu, a 19 de Novembro de 1819.

Contendo colecções de pintura e escultura provenientes das colecções reais e da nobreza, o museu detinha, aquando da sua inauguração, cerca de 311 obras de arte.

Foi, pois, um dos primeiros museus públicos de toda a Europa e o primeiro de Espanha, fazendo assim notar a sua função recreativa e educacional.

No final do século XIX, mais precisamente em 1872, todo o acervo do Museu da Trindade foi doado ao Prado. As obras, de temática religiosa, eram na maioria expropriações dos bens eclesiásticos, como forma de amortização das dívidas do clero para com o reino.

Desde a fusão dos dois museus, o acervo foi ampliado com muitas outras obras de arte, por doações, heranças e novas aquisições.

Em 2006, teve lugar no Prado uma das mais importantes exposições de toda a história do museu: Furtuny, Madrazo, Rico - Legado de Ramón de Errazu. Esta exposição reúne importantes obras dos famosos pintores oitocentistas Mariano Furtuny, Raimundo de Madrazo y Garreta e de Martín Rico.

Uma importante ampliação do espaço museológico foi inaugurada em Outubro de 2007 (projecto de Rafael Moneo).

A Colecção

Este importante museu alberga inúmeras e valiosíssimas colecções, entre elas, a de pintura e escultura.

A colecção de pintura é bastante completa e complexa, existindo neste museu colecções de pintura espanhola, francesa, flamenga, alemã e italiana:

Bela e interessante, a colecção de pintura francesa deriva das relações hispano-francesas no século XVII e das aquisições de alguns reis e nobres espanhóis, como Filipe IV e Filipe V. Esta reúne obras de pintores como Nicolas Poussin e Claude Lorrain, bem como de Van Loo e de Antoine Watteau.

A colecção de pintura espanhola é a mais importante do museu, sendo a que lhe concede o renome internacional que actualmente tem. Obedecendo a um critério cronológico, o Prado expõe desde os murais românicos do século XII à produção de Francisco Goya. Esta colecção alberga obras de pintores espanhóis de fama internacional, como José de Ribera, José de Madrazo y Agudo e o filho deste, Federico de Madrazo y Kuntz, Esteban Murillo, Velázquez e Goya. , Infanta Margarita da Áustria, Museu do Prado, Madrid.]]

O facto de os Países Baixos terem integrado o grande império espanhol, durante o chamado El siglo de oro, explica a riqueza da colecção da escola flamenga no Museu do Prado. A colecção alberga pintura de pintores como Hieronymus Bosch, Dirck Bouts e Hans Memling, tal como de Rubens, Adriaan Isenbrant, Rembrandt, Anthony van Dyck e Brueghel.

Reduzida em número, mas de grande qualidade, a colecção de pintura alemã alberga obras desde o século XVI ao século XVIII, dedicando diversas salas a pinturas capitais de Albrecht Dürer, Lucas Cranach, Hans Baldung e Anton Raphael Mengs.

Com dezasseis salas dedicadas à sua exposição, a secção da colecção de pintura italiana alberga obras desde a Baixa Renascença até ao século XVIII, reunindo pinturas de artistas muito famosos como Fra Angelico, Melozzo da Forlì, Andrea Mantegna, Botticelli, Tiepolo e Giaquinto. Para além destes, podem aqui observar-se excelsas obras de Ticiano, Tintoretto, Veronèse, Bassano, Caravaggio e Gentileschi.

Já a colecção de escultura é composta por mais de duzentas e vinte esculturas da Antiguidade Clássica, trazidas de Itália entre os séculos XVI e XIX. A colecção alberga esculturas do período greco-arcaico ao período helenístico, tal como do Renascimento.

A colecção de desenhos e estampas, conta com cerca de 4 mil desenhos, destacando os cerca de quinhentos desenhos de Francisco Goya, a mais importante do mundo. Duas salas, instaladas no segundo andar do museu, mostram rotativamente, por razões de conservação, esta importante e rica colecção.

Por último, a colecção de artes decorativas é das mais bonitas e ricas do Prado, albergando até o famoso Tesouro do Delfim.

Alguns pintores do Museu

  • Adriaan Isenbrant
  • Albrecht Dürer
  • Alonso Sánchez Coello

, Baptismo de Cristo, Museu do Prado, Madrid, Espanha (1608-1614)]]

  • Andrea Mantegna
  • Anton Raphael Mengs
  • Antonello da Messina
  • Anthony van Dyck
  • António Moro
  • Artemisia Gentileschi
  • Bartolomé Bermejo
  • Claude Lorrain
  • Claudio Coello
  • Correggio
  • Diego Velázquez
  • Dirck Bouts
  • Eduardo Rosales
  • El Greco
  • Esteban Murillo
  • Federico de Madrazo y Kuntz
  • Fra Angelico
  • Francisco de Zurbarán
  • Francisco Goya
  • Giaquinto
  • Hans Memling
  • Hans Baldung
  • Hieronymus Bosch
  • Jacob Jordaens
  • Juan Carreño de Miranda
  • José Benlliure Gil
  • José de Ribera
  • José de Madrazo y Agudo
  • Lucas Cranach
  • Melozzo da Forlì
  • Nicolas Poussin
  • Orazio Gentileschi
  • Paolo Veronèse
  • Peter Paul Rubens
  • Pieter Brueghel o velho
  • Pieter Coecke van Aelst
  • Rafael Sanzio
  • Raimundo de Madrazo y Garreta
  • Rembrandt
  • Rogier van der Weyden
  • Sandro Botticelli
  • Thomas Gainsborough
  • Thomas Lawrence
  • Ticiano
  • Tiépolo
  • Tintoretto
  • Vicente Lopez Portaña

Obras notáveis no Museu

, A Condessa de Vilches, Museu do Prado, Madrid, Espanha.]]

  • Missa de São Gregório, de Adriaan Isenbrant
  • A Morte de Viriato, de José de Madrazo y Agudo
  • A Condessa de Vilches, de Federico de Madrazo y Kuntz
  • Retrato de Ramón de Errazu, de Raimundo de Madrazo y Garreta
  • Retrato de Aline Manson, de Raimundo de Madrazo y Garreta
  • O Lavatório, de Tintoretto
  • A Anunciação, de Fra Angelico
  • O descanso da marcha, de José Benlliure Gil
  • Santíssima Trindade, de Pieter Coecke van Aelst
  • A Descida da Cruz, de Rogier van der Weyden
  • A Mesa dos pecados Capitais, de Hieronymus Bosch
  • O Jardim das Delícias, de Hieronymus Bosch
  • O Triunfo da Morte, Pieter Brueghel o velho
  • A Rainha Maria de Inglaterra, de António Moro
  • Auto-retrato, de Albrecht Dürer
  • Vénus e Adónis, de Paolo Veronèse
  • O Cavaleiro da Mão ao Peito, de El Greco
  • A Trindade, de El Greco
  • A Adoração dos Pastores, de El Greco
  • O Baptismo de Cristo, de El Greco
  • A Adoração dos Reis Magos, de Peter Paul Rubens
  • As Três Graças, Peter Paul Rubens
  • A Vindima, de Goya
  • O 3 de Maio de 1808, de Goya
  • A Família de Carlos IV, de Goya
  • Saturno devorando um filho, de Goya
  • A Imaculada, de Bartolomé Esteban Murillo
  • Artemisa, de Rembrandt
  • Bodegon, de Francisco de Zurbarán
  • O Martírio de São Felipe, de José de Ribera
  • A Frágua de Vulcano, de Diego Velázquez
  • O Triunfo de Baco, de Diego Velázquez
  • As Meninas, de Diego Velázquez
Listado nas seguintes categorias:
Publicar um comentário
Dicas e Sugestões
Heleno Schneider
14 de october de 2014
If you have no time at all, make sure to visit the Goya room with his dark paintings. Astounding, disturbing and fascinating. If you have time, see it all :) Enjoy!
GowithOh
16 de december de 2013
Search out The Garden of Earthly Delights by H. Bosch, Las Meninas by Velázquez, and Goya's best-known portraits (same room), The Nude Maja and The Clothed Maja. + Tips: http://gwo.is/1day-madrid-fq
Matt Hanson
3 de may de 2017
Great to see Velázquez, especially the meta-portrait Las Meninas, but it is the viscerality of Goya's 'Black paintings' that are a highlight. Especially Saturn.
Nayef Alghamdi
1 de september de 2018
#Prado is huge with vast collection of amazing art that you must see. Tips: you can enjoy 2 hours for free from 6:00-8:00 pm. Plan your visit ahead of time with what you want to see.
Elen Mantel
1 de september de 2019
They offer 1h, 2h or 3h trails on audio guide but they are done wrongly and it’s impossible to keep track without map. Check for highlights before the trip and plan in advance if you have little time
RAKAN
14 de october de 2022
Great museum with good history , culture ✨ collection of art ????and sculptures ????

Hotéis nas imediações

Ver todos os hotéis Ver todos
Hostal Rincon de Sol

de partida $75

Hostales Victoria I y II

de partida $98

Gay Hostal Puerta del Sol Madrid

de partida $113

Hostal Pretoria

de partida $102

Puerta del Sol Rooms

de partida $104

THC Hostal Bergantin

de partida $103

Vistas nas proximidades recomendados

Ver todos Ver todos
Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Museu Thyssen-Bornemisza

O Museu Thyssen-Bornemisza é um museu na Espanha. O museu foi

Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Bosque del Recuerdo

O Bosque del Recuerdo, anteriormente conhecido como Bosque de los

Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Banco de Espanha

O Banco de España é o organismo do Estado espanhol que atua de banco c

Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Golden Triangle of Art

The The Golden Triangle of Art is made up of three important art

Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Museu Nacional Centro de Arte Moderna e Contemporânea Reina Sofia

O Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofia é um dos mais importantes

Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Jardins do Retiro de Madrid

|+ Jardins do Bom Retiro de Madrid

Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Museu Nacional de Antropologia (Espanha)

Coordenadas: 40° 24' 27.8' N 3° 4

Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Puerta de Alcalá

A Porta de Alcalá é um monumento situado na Praça da In

Similar atrações turísticas

Ver todos Ver todos
Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Palace of Culture (Iaşi)

The Palace of Culture (Romanian: Palatul Culturii) is an edifice

Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Mauritshuis

A Mauritshuis (Casa de Maurício) é um importante prédio histórico e u

Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Palazzo Pitti

O Palazzo Piti (Palácio Pitti) grande palácio renascentista de F

Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Museu do Louvre

O Museu do Louvre (Musée du Louvre), instalado no Palácio do Louvre, e

Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Museu de Belas-Artes de Houston

O Museu de Belas-Artes de Houston (The Museum of Fine Arts, Houston,

Veja todos os lugares semelhantes