Monte Kailash

O Monte Kailash (em tibetano: གངས་རིན་པོ་ཆེ, Kangrinboqê ou Gang Rinpoche; em chinês: 冈仁波齐峰, Gāng rén bō qí fēng; em sânscrito: कैलाश पर्वत, Kailāśā Parvata) é uma montanha do Tibete, considerada como um dos lugares mais sagrados para os hindus e budistas.

Situado na prefeitura de Ngari, junto aos lagos Manasarovar e do Rakshasta, é a nascente de quatro dos maiores rios da Ásia: o Ganges, o rio Bramaputra, o rio Indo e o rio Sutlej.

Os budistas consideram-na o centro do universo (cada budista aspira em dar-lhe a volta) e para os hindus é a morada de Xiva. Os jainistas e os bönpos também consideram a montanha sagrada. As proximidades da montanha divina são lugares santos onde "as pedras rezam".

Significado do nome

A palavra Kailâsa significa cristal em hindi. Os Tibetanos chamam-lhe Ghang Rimpoche ou Khang Ripoche, o que significa a preciosa joia das neves e os jainistas Ashtapada. Também é chamada Tise ou Meru.

Significação religiosa

Para os hindus, o cume do Kailâsa é considerado a residência de Shiva e de sua Shákti, Parvati — literalmente filha da montanha —, o que explica seu carácter sagrado para os hindus, que vêm também a montanha como um lingan acompanhado da yoni simbolizada pelo Lago Manasarovar.

Para os budistas, a montanha é o centro do universo e cada budista aspira em dar-lhe a volta.

Os jainistas e bönpos (religião tradicional do Tibete anterior ao budismo) também consideram a montanha sagrada. As proximidades da montanha divina são lugares santos onde "as pedras rezam".

Segundo uma lenda, durante uma disputa com um monge bön, o mestre Milarepa, para mostrar sua superioridade, ter-se-ia transportado no cimo da serra sobre um raio de sol.

Peregrinação

Todos os anos, milhares fazem uma peregrinação a Kailash, seguindo uma tradição que remonta milhares de anos. Peregrinos de várias religiões acreditam que circundar o monte Kailash a pé é um ritual sagrado que irá trazer boa sorte. A peregrinação é feita no sentido horário por budistas e hindus. Seguidores das religiões Jain e Bonpo circundam a montanha em um sentido anti-horário. O caminho ao redor do Monte Kailash é 52 km (32 milhas) de comprimento.

Alguns peregrinos acreditam que a caminhada inteira em torno Kailash deve ser feita em um único dia, o que não é considerado uma tarefa fácil. Uma pessoa em boa forma andando rápido levaria talvez de 15 horas para completar a marcha de 52 km.

Ascensões

O cimo desta montanha nunca foi atingido. Em 2001, o anúncio duma autorização concedida pela China a um alpinista espanhol suscitou grande emoção e reprovação unânime.

Numerosas associações solidárias com os tibetanos e grupos de alpinistas protestaram, e finalmente a China interditou todas as escaladas do Monte Kailash, afirmando mesmo nunca ter dado autorização alguma.

A Reinhold Messner fora dada a oportunidade pelo governo chinês para escalar a montanha em 1980, mas ele recusou.

Messner, referindo-se aos planos espanhóis, disse: "Se nós conquistamos essa montanha, então nós conquistamos algo na alma das pessoas ... eu sugiro que vá subir algo um pouco mais difícil. O Kailash não é tão alto e não tão difícil ".

Referências

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em francês, cujo título é «Kailash», especificamente .
  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Mount Kailash», especificamente .

Ver também

  • Geografia do Tibete

Ligações externas

O possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre '
Listado nas seguintes categorias:
Publicar um comentário
Dicas e Sugestões
Não há dicas nem sugestões para o Monte Kailash ainda.Talvez seja você o primeiro a postar informações úteis para companheiros de viagem?:)

Hotéis nas imediações

Ver todos os hotéis Ver todos
GuangzhouTower |High-rise City View| Canton Fair

de partida $81

The Munsyari Retreat

de partida $36

Hotel Bala Paradise Munsiyari

de partida $32

Ojaswi Resort

de partida $54

Milam Inn

de partida $31

Johar Hilltop Resort

de partida $28

Vistas nas proximidades recomendados

Ver todos Ver todos
Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Lake Rakshastal

La'nga Co (officially: La'nga Co;

Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Lago Manasarovar

O Lago Manasarovar (sânscrito : मानस सरोवर) (Mapam Yumco em ti

Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Parque Nacional do Vale das Flores

}}Vale das Flores é um parque nacional em Uttaranchal, na Índia. D

Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Nanda Devi

}}O Nanda Devi é um dos picos mais altos do Himalaia, com 7.816 m de

Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Parque Nacional de Nanda Devi

}}O Parque Nacional de Nanda Devi é um parque nacional em volta do

Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Badrinath temple

Badrinath temple, sometimes called Badrinarayan temple, is situated

Similar atrações turísticas

Ver todos Ver todos
Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Monte Fuji

O Monte Fuji (em japonês 富士山 Fuji-san) é a mais alta montanha da ilha

Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Monte das Oliveiras

O Monte das Oliveiras (em hebraico: הר הזיתים, transl. Har HaZeiti

Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Mauna Kea

Mauna Kea, na Ilha do Havai, arquipélago do Havaí, é um vulcão ext

Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Templo de Jerusalém

O Templo de Jerusalém (em hebraico בית המקדש, beit hamiqdash) é o nome

Adicionar a lista de desejos
Estive aqui
Visitado
Monte Shasta

Coordenadas: 41° 24' 33.11' N 122° 1

Veja todos os lugares semelhantes