Castelos in Escarabajosa de Cabezas

Castelo de Cuéllar

1 369 pessoas estiveram aqui
Classificações
8.9/10

Coordenadas: 51° 29' 02" N 0° 36' 16" O</p></div>

Castelo de Cuéllar ou Castelo dos Duques de Alburquerque
Castelo-Palácio dos duques de Alburquerque
Estilo dominante Gótico, mudéjar e renascentista
Início da construção Século XI
Proprietário atual Juan Miguel Osorio y Bertrán de Lis
Função atual Escola Secundária
Local Cuéllar, província de Segóvia, border Espanha

O Castelo de Cuéllar ou Castelo dos Duques de Alburquerque é o monumento mais emblemático da vila de Cuéllar, província de Segóvia, comunidade autónoma de Castela e Leão, Espanha. É considerado Bem de Interesse Cultural desde 3 de Junho de 1931.

Encontra-se em bom estado de conservação, e é composto por uma mistura de diferentes estilos arquitectónicos, que vão desde o século XIII ao XVIII, ainda que predomine o gótico e o renascentista. Trata-se de uma edifício militar que a partir do século XVI foi submetido a obras de ampliação e transformação, convertendo-se num sumptuoso palácio, propriedade do Ducado de Alburquerque. Nas suas diferentes etapas de construção, trabalharam mestres como Juan Guas, Hanequin de Bruxelas e o seu filho Hanequin de Cuéllar, Juan e Rodrigo Gil de Hontañón, bem como Juan Gil de Hontañón "o moço", ou Juan de Álava, entre outros.

Entre os seus antigos proprietários, destacam-se D. Álvaro de Lua e Beltrán da Gruta, bem como os sucessivos duques de Alburquerque. Os seus hóspedes mais ilustres foram os reis de Castela, como João I de Castela e sua esposa a rainha Leonor, que nele faleceu, ou Maria de Molina, que se refugiou neste castelo quando era recusada pelo seu reino. Também se destacam as figuras do pintor Francisco Javier Parcerisa, o escritor José de Espronceda, o general Joseph Léopold Sigisbert Hugo ou Arthur Wellesley, duque de Wellington, que esteve aquartelado no castelo com uma guarnição do seu seu exército durante a Guerra da Independência Espanhola.

Foi residência habitual dos duques de Alburquerque durante séculos, até que se mudaram para a Corte em Madrid, convertendo-o em palácio de lazer e férias, afastando-se, assim, lentamente, do edifício, facto que se acentua ainda mais quando a linha primogénita do ducado chegou ao fim, e a titularidade passou para a família Osorio, descendentes de Ambrosio Spinola, marquês dos Balbases. No final do século XIX, o edifício encontrava-se praticamente abandonado, e foi vítima de pilhagens. Em 1938, o edifício passou a ser uma prisão para presos políticos e, depois, um sanatório para presos tuberculosos, retomando mais tarde a sua utilização como prisão que funcionou até 1966.

Em 1972, a Direcção Geral de Belas Artes interveio, levando a cabo uma intensiva restauração, para instaurar nele um centro de Formação Profissional que, depois das novas legislações de Educação, se converte em instituto de Educação Secundária Obrigatória, actividade para a que é utilizado actualmente, entre outras.

Referências

Bibliografia

Principal

  • MONDÉJAR MANZANARES, Mª Rosario (2007). Apuntes para la interpretaciòn de un castillo: el castillo de Cuéllar [S.l.: s.n.] ISBN 13-978-84-612-1200-2 Verifique |isbn= (Ajuda).  Parâmetro desconhecido |ubicación= ignorado (|local=) (Ajuda)Categoria:!Páginas com referências com parâmetros sugeridosCategoria:!Páginas com erros ISBN
  • VELASCO BAYÓN (O. CARM), Balbino (1996). Historia de Cuéllar Cuarta edición ed. [S.l.: s.n.] ISBN 84-500-4620-3.  Parâmetro desconhecido |ubicación= ignorado (|local=) (Ajuda)Categoria:!Páginas com referências com parâmetros sugeridos

Adicional

  • MONTERO PADILLA, José: Espronceda en Cuéllar, Estudios segovianos (Instituto Diego de Colmenares del Consejo Superior de Investigaciones Científicas), Segovia, 1973, Tomo XXV, nº 74-75.
  • GÓMEZ SANTOS, Antonio: Cárceles famosas y Prisioneros célebres en la Segovia de los siglos XVI, XVII, XVIII y XIX, Estudios segovianos (Instituto Diego de Colmenares del Consejo Superior de Investigaciones Científicas), Segovia, 1973, Tomo XXV, nº 74-75.
  • FERNÁNDEZ DURO, Cesáreo: Don Francisco Fernández de la Cueva, Duque de Alburquerque. Informe presentado a la Real Academia de la Historia, Madrid, 1884.
  • PONZ, Antonio: Viage de España..., Tomo XI, Madrid, 1783.
  • VELASCO BAYÓN (O. CARM), Balbino: Pueblos de España - Segovia - Cuéllar, Madrid, 2008. ISBN 978-84-935685-4-2.
  • UBIETO ARTETA, Antonio: Colección Diplomática de Cuéllar, Exma. Diputación Provincial de Segovia, Segovia, 1961.
  • LARIOS MARTÍN, Jesús: Nobiliario de Segovia, Instituto Diego de Colmenares (Consejo Superior de Investigaciones Científicas), Tomo I, Segovia, 1959.
  • CARMONA PIDAL, Juan Antonio: Pervivencias y estancamiento de una fortuna aristocrática en la Restauración. La Casa de Alcañices (1869-1909) , Revista Espacio, Tiempo y Forma, Serie V: Historia Contemporánea, vol. 3.
  • ARRANZ, Carlos; CARRICAJO, Carlos y FRAILE, Ángel: Cuéllar: un molino de viento en la época de los Reyes Católicos, Revista de Folklore (Fundación Joaquín Díaz), vol. 14b, nº 166.

Ligações externas

alt=
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Castelo de Cuéllar
alt=Ícone de esboço Este artigo sobre </b>um castelo</span> é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.</td>

</tr></table>Categoria:!Esboços sobre castelocategoria:!Esboços maiores que 5000 bytes

Categoria:Castelos de Castela e Leão


Categorias:
Postar um comentário
Dicas e sugestões
Elena Bass
20 de august de 2011

Una feria medieval impresionante los días 20 y 21 de Agosto, puestos de comida y bebida baratísima, faquires, espectáculos de toda índole, justas, conciertos, verdugos, caballeros, horcas, etc. +10

carmen roldan
3 de september de 2017

Visita teatralizada 100%recomendable!

Juderia De las Arribe
7 de june de 2017

Magnífica visita, la guía muy amena y con mucho conocimiento histórico.

Luis Gomez
27 de october de 2015

Castillo en perfecto estado, tiene vida. Fortaleza

Miriam Gómez Blanes
24 de february de 2013

Muy divertida la visita teatralizada al Castillo, ¡merece mucho la pena!

Samuel Riesgo
24 de february de 2012

Muy bonito castillo para visitar, incluso hay visitas teatralizadas (pregunta en información).

Localização
Mapa
Endereço

Camino de las Lomas, 6, 40200 Cuéllar, Segóvia, Reino da Espanha

Obter instruções
Horário
Sat 24 Hours
Sun 9:00 AM–8:00 PM
Mon 7:00 AM–Noon
Tue 7:00 AM–11:00 AM
Wed 7:00 AM–10:00 AM
Thu 7:00 AM–10:00 AM
Contact
Referências

Castillo De Cuéllar on Foursquare

Castelo de Cuéllar on Facebook

Hotéis nas imediações

Ver todos os hotéis Ver todos
Vincci Frontaura Hotel

de partida $92

Melia Recoletos

de partida $106

Hotel Enara

de partida $94

Hotel Atrio

de partida $83

Hotel Catedral

de partida $76

Aparthotel Comforsuite

de partida $69

Vistas nas proximidades recomendados

Ver todos Ver todos
Portillo Castle
Espanha

Portillo Castle é uma atração turística em Megeces, Espanha

Torre De San Nicolás
Espanha

Torre De San Nicolás é uma atração turística em Fuente de Santa Cruz

Castillo de Coca
Espanha

Castillo de Coca é uma atração turística em Coca, Espanha

Castillo de Peñafiel
Espanha

Castillo de Peñafiel é uma atração turística em Curiel, Espanha

Santa Cruz Palace
Espanha

Santa Cruz Palace é uma atração turística em Valladolid, Espanha

Christopher Columbus Museum
Espanha

Christopher Columbus Museum é uma atração turística em Valladolid, Esp

Cathedral of Valladolid
Espanha

Cathedral of Valladolid é uma atração turística em Valladolid, Espanha

Teatro Calderón (Valladolid)
Espanha

Teatro Calderón (Valladolid) é uma atração turística em Vall

Similar atrações turísticas

Ver todos Ver todos
Castelo de Neuschwanstein
Alemanha

O Castelo de Neuschwanstein (em alemão, Schloss Neuschwanstein,

Castelo de Praga
República Checa

O Castelo de Praga (Pražský hrad) está localizado em Praga, capital e

Castelo de Santo Ângelo
Itália

O Castelo de Santo Ângelo (em língua italiana, 'Castel Sant' A

Kalemegdan
Sérvia

O Kalemegdan (Kалемегдан / Kalemegdan em sérvio) é o maior parque de

Castelo de Peleş
Roménia

O Castelo de Peleş (em romeno: Castelul Peleş, /kas'te.lul '

Ver todos os lugares semelhantes